apressado amor comeu teu coração

“Tava pensando em te raptar,
pegar a viola, andar de moto, a delirar
mas eu não sei pra onde vou, pra onde levo todo meu amor.
Tava pensando em te sequestrar, bota no carro um Jimmy pra tocar,
mas não sei por onde começo a começar.
E hoje eu passei por uma rua bacana, encontrei uma cigana
e ela disse pra eu te levar, pra uma casa de barro
eu creio que voce vai gostar, vai acender um cigarro
e dizer que não vai mais voltar, e se algo maior que o amor
vim querer te machucar, vai pedir pra eu te proteger.
Pode deixa que eu amarro nós no mesmo céu,
peço pro sol ficar depois das seis, a casa ta lá bem do jeito que eu deixei.
E hoje eu passei por uma rua bacana, encontrei uma cigana e ela disse pra eu te levar,
pruma casa de barro, eu creio que voce vai gostar, vai acender um cigarro
e dizer que nao vai mais voltar
confessa no meu ouvido, que o nosso amor aconteceu e não ha nada melhor
que voce e eu”

  • 8 Dezembro 2012